Em 1997 a Apple estava a beira da falência, Steve Jobs voltou para salvar a empresa depois de ter sido expulso pelo conselho em 1985. Ela tinha dezenas de produtos que nem mesmo os criadores sabiam como eles podiam beneficiar os clientes. A empresa havia deixado de fazer inovação, tinha perdido a essência de seus fundadores. Quando Jobs voltou, reduziu a grande quantidade de produtos para apenas 4. Conseguiu reinventar as indústrias dos computadores, da música, e das telecomunicações, fazendo assim com que a empresa voltasse a inovar.

 

Algumas empresas cometem falhas quando se trata de inovação, um ambiente arcaico e burocrático é um vilão para a inovação. Para inovar é preciso uma estrutura diversificada, pessoas com conhecimentos diferentes trocando ideias e fazendo novas conexões. A inovação surge quando conectamos várias ideias. Um conjunto amplo de experiências amplia nossa compreensão e nos faz ser mais criativos. Ter uma equipe de pessoas com conhecimentos diversificados pode fazer com que surjam produtos ou serviços inovadores. Porém, de nada adianta ter a ideia mais incrível do mundo e não conseguir vendê-la. Se você não for capaz de empolgar as pessoas, sua inovação não terá importância.

Estimule a Criatividade para Trazer Inovação

As inovações raramente são comercializadas sem uma equipe criativa e apaixonada que transformam ideias em realidade. Algumas equipes sem um propósito costumam dizer “não podemos fazer isso”, enquanto equipes apaixonadas pela a ideia e com um propósito dizem “não sabemos como fazer, mas vamos descobrir”. Um propósito estimula a inovação e transforma o grande talento em um feito extraordinário.

 

Perceba as coisas de modo diferente. Grandes inovadores muitas vezes vão contra as ideias convencionais e procuram caminhos que ainda não foram trilhados. Bombardear o cérebro com coisas nunca vistas antes, o força a fazer novos questionamentos. Esse é um jeito de perceber as coisas de modo distinto em relação às outras pessoas, podendo levá-lo a uma epifania. Pensar muito em algo não causa rupturas perceptivas, elas acontecem quando o sistema de percepção é confrontado com algo que ele ainda não conhece, isso obriga o cérebro a criar novas conexões.

 

Mais Dicas para Chegar a Inovação

Procure novas experiências, novos estímulos geram novas ideias. As pessoas criativas tem a capacidade de conectar pontos, ideias ou problemas de diversas áreas aparentemente sem relação. Quanto maior e mais variado nosso conhecimento, mais conexões o cérebro pode fazer. Nem sempre saberemos onde os pontos podem se ligar, mas se tivermos coragem de seguir nossa intuição será de grande ajuda. Algumas das percepções mais criativas podem acontecer quando procuramos experiências originais, entre pessoas ou lugares ao qual escolhemos nos associar. Saia da zona de conforto com frequência, não tenha medo de abraçar a mudança. Isso é o básico para a criatividade aflorar.

 

Questione tudo, os inovadores fazem questionamentos a respeito de muitas coisas. Eles despendem bastante tempo pensando em mudar as coisas; observam as pessoas com atenção e durante esses momentos eles têm suas principais ideias. Também usam o cérebro dinamicamente para encontrar novas conexões entre as coisas – o que pode ativar o processo criativo e para esse tipo de abordagem funcionar você deve acreditar que sair da sua rotina física e mental levará a rupturas diferentes.

 

Fazer o que gostamos é essencial para sermos mais criativos e inovadores. Steve Jobs disse, “siga seu coração e sua intuição, eles de alguma forma, já sabem realmente o que você quer ser”. A única maneira de fazer um bom trabalho é fazendo o que gosta. A inovação surge quando alguém está obsessivamente apaixonado por um determinado assunto. Não se acomode caso ainda não tenha encontrado o que gosta, continue buscando. Assim como qualquer coisa do coração, você saberá quando encontrar.

 

Quer ajuda para inovar? Entre em contato com a gente.